O Antidesfile

July 17, 2015

 

Performance

Parque Lage 2015

 

O mal acabamento de um trabalho árduo, Antidesfile não cabe na gaveta. Não existe magro, plus size, exótico ou bonito. É movimento. Personalidade sem rosto. Porque não precisa. Ao mesmo tempo, é autorretrato e não roupa. É o cabide de si próprio. Autoinsustentável.

 

Ontem apresentei o Antidesfile. Depois de duas semanas mal dormidas, intensas, desafiadoras e destraumáticas. Em um “lugar qualquer”. O público estava lá. Grande e entorpecido. “Quando quiserem”. Trocaram a identidade. Passaram o talco que exalava alfazema ou o cheiro da vovó. Preferia Richard Wagner, mas foi ao som de “Calypso” mesmo. Deve ser o novo cult.

 

 

 

Performers:

Mauricio Krumholz
Natália Miranda Silvestre
Malu Laat

 

 

Fotos: Vitor Naine para I Hate Flash

 

Clipping:

I hate Flash

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

O segundo dia

August 16, 2016

1/10
Please reload

Recent Posts

December 8, 2017

September 4, 2017

March 30, 2017

March 16, 2017

February 17, 2017

December 16, 2016

Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags
Please reload

  • Facebook Basic Square

© ​Paula Blower2016. Todos os direitos reservados.